poder
e política

19|fev|22:42

OTHELINO COBROU PROPINA PARA A CAMPANHA DE CASTELO

Ex-secretário do governo Jackson Lago (PDT), Othelino Neto, pediu uma propina de R$ 700 mil para liberar uma licença de instalação na Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), para uma empresa de Carolina (847km de São Luís), segundo a Polícia Civil. O dinheiro seria para saldar dívidas da campanha do prefeito João Castelo (PSDB).

O depoimento é do executivo Antônio Lucena Júnior à Polícia Civil, que foi revelado no blog Colunão, do jornalista Walter Rodrigues. O engenheiro chegou até Othelino Neto por intermédio de Abdelaziz Santos Júnior, o Júnior Aziz (filho do ex-secretário de Planejamento, Aziz Santos), que era assessor na Sema.

À polícia, Antônio Lucena revelou que “Othelino lhe propôs colaborar com R$ 700 mil para o ressarcimento das despesas de campanha de João Castelo”. Othelino foi também secretário de governo do tucano Castelo.

Adiante, o ex-secretário de Governo de São Luís “explicou que outros amigos estavam participando da caixinha”.

Leia mais no blog do Walter Rodrigues.

Será que Othelino Neto topa responder:

Quem serão os “outros amigos” de Othelino que contribuíram com a “caixinha”?

A “caixinha dos amigos” consta na prestação de contas do prefeito Castelo feita à Justiça Eleitoral?

Quanto Othelino Neto arrecadou para a “caixinha” de Castelo?

Quantas licenças ambientais (prévias ou de instalação) Othelino Neto negociou na Sema em troca de uma contribuição para a “caixinha” de Castelo?

João Castelo sabia que Othelino Neto recebia empresários na Sema para contribuírem com a “caixinha” de sua campanha?

DESAVISO: O Ministério Público Estadual e o Ministério Público Eleitoral bem que poderiam encontrar as respostas dessas e de outras tantas perguntas que surgirão sobre esse caso.

# , , , , ,

3|fev|02:41

O VIAJANTE PREFEITO CASTELO

O prefeito tucano João Castelo (PSDB) gastou com diárias de viagem, entre março e dezembro de 2009, R$ 66.680,00. Uma média de R$ 6.688,00 por mês em viagens para “tratar de assuntos de interesse deste município”.

Assim que assumiu a prefeitura Castelo aumentou os seus vencimentos de prefeito para R$ 25 mil, quando a Câmara já havia estabelecido que o subsídio do prefeito seria de R$ 19.100,00. Somados aos R$ 6,6 mil mensais de diárias, Castelo teve um ordenado superior a R$ 30 mil.

Em sua primeira viagem em março de 2009, Castelo embolsou R$ 8.200,00 de diárias. Os documentos obtidos pelo blog não revelam o destino da viagem do prefeito.

Seria nos meses de maio (cinco viagens) e agosto (com quatro) os períodos em que Castelo mais viajou para “tratar de assuntos de interesse deste município”.

As cidades de Brasília (DF) e Rio de Janeiro (RJ) são os destinos preferidos do tucano Castelo para “tratar dos assuntos da municipalidade”. Digamos que as constantes idas a Capital Federal são compreensíveis administrativamente, mas para que serve mesmo uma secretaria de representação que Castelo criou em Brasília?

Terceiro mês em que mais viajou, foi em julho que Castelo percebeu o maior valor de diárias para uma viagem: R$ 9.840,00. Segundo o memorando nº 21/2009 do gabinete do prefeito ele viajou para: Rio de Janeiro/ Brasília/ Teresina/ Brasília/ Rio de Janeiro, em seguida retornou à capital maranhense.

Antes dessa viagem, Castelo já havia ido no mesmo mês, ao Rio de Janeiro e Brasília. Somadas duas viagens o prefeito tucano faturou R$ 14.700,00 apenas em diárias.

Em seguida vêm os meses de agosto com R$ 11.550,00; maio com R$ 9.020,00 e março com R$ 8.200,00 recebidos por Castelo como pagamento de diárias.

Leia o quadro em anexo (doc) onde constam os números dos cheques, dos empenhos, os valores e os destinos das viagens de Castelo em 2009.

# , , ,

20|nov|17:21

OAB: CASTELO TENTA VOTAR, NÃO CONSEGUE E AINDA LEVA VAIA

Ignorando que não poderia votar e desavisado por seus assessores do impedimento – prefeito não pode advogar, portanto não está no exercício profissional – Castelo foi hoje por volta do meio dia ao local de votação na sede da OAB.

Diante da observação do fiscal da chapa “Avançar Sempre” de que seu nome na constava na relação de eleitores, Castelo se irritou, insistiu e bateu-boca, antes de sair do local sem votação.

Mas o pior estaria por vir. Ao descer de volta do local da votação, Castelo foi vaiado por vários advogados e curiosos que estavam em frente ao prédio da OAB. O prefeito saiu do local visivelmente irritado.

# , , ,

11|nov|23:00

O POVO “AGORA VAI” PROTESTAR

A semana começou com manifestação espontânea da população no Terminal de Integração da Cohama, repercutindo uma grita que está por toda a cidade: “o transporte coletivo está vivendo um caos”, um verdadeiro apagão.

Ontem, nada menos que 40 pessoas representando 25 bairros da cidade resolveram em reunião organizar uma mobilização para exigir do prefeito João Castelo melhorias imediatas.

Mas o transporte não será o único mote para protestos. A ação da Prefeitura na área cultural, por exemplo, foi classificada pelo radialista e produtor cultural José Raimundo Rodrigues como “um engodo”. Isso ao vivo num programa de TV.

E lá pras bandas do Distrito Industrial, empresários e trabalhadores preparam uma manifestação para exigir melhorias nas ruas de acesso às indústrias. “As chuvas se aproximam novamente e a Prefeitura não fez nada. Daqui a pouco os trabalhadores terão novamente que botar os pés na lama para chegar ao trabalho”, protesta o presidente do Sindmetal, Joel Nascimento.

Enfim, são muitas as manifestações de insatisfação com a gestão tucana de João Castelo, que já vai chegando para os 11 meses.

# , ,

26|out|11:11

GOVERNO CASTELO FAZ DE SELETIVO UMA LAMBANÇA

Isso é uma vergonha, foi a frase mais repetida ontem pelos candidatos que foram ao Campus da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), para fazerem as provas do do seletivo para o curso preparatório do Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural (Prominp), que não ocorreu.

O seletivo é destinado a beneficiários do Programa Bolsa Família e promovido pela Prefeitura de São Luís, comandada por João Castelo. Coube a Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social, da secretária Roseli Ramos, organizar o seletivo, transformado numa bagunça pelo governo municipal.

Cerca de 7 mil candidatos se inscreveram para disputar cerca de 1.600 vagas. O seletivo é para o curso de qualificação de mão-de-obra para a Refinaria Premium da Petrobras. Segundo a empresa, a participação no Prominp não garante emprego, mas terá mais chance quem estiver qualificado.

A organização feita pelo governo Castelo criou: cartões sem identificação dos locais de prova, horários do seletivo variados no cartão de inscrição de candidatos (8h, 9h, 12h e 5h) e falta de profissionais responsáveis pelo seletivo para orientar quem aguardava uma resposta sobre as provas, não havia a lista com os nomes dos candidatos na entrada das salas, não havia segurança e profissionais de saúde para atender emergências. O governo Castelo não será diferente disso.

Feita toda a lambança, a secretária da Criança e Assistência Social, Roseli Ramos, disse que será marcada uma nova data para o seletivo.

# , , ,

13|out|15:48

CASTELO TEM QUE DIVULGAR LISTA DE BENEFICIÁRIOS DO BOLSA FAMÍLIA

Uma das peças publicitárias do governo tucano de João Castelo (PSDB) – fincadas nas rotatórias da capital – aponta um crescimento no número de famílias beneficiárias do programa Bolsa Família, do Governo Federal.

Antes de pôr a propaganda nas ruas, o governo castelista deveria cumprir o que determina o Art. 13 da Lei nº 10.836 de 09/01/2004, bem como o § 1o do art. 32 do Decreto nº 5.209 de 17/09/2004, estabelecem que a relação de beneficiários do Bolsa Família deve ser amplamente divulgada pelo Prefeitura Municipal.

A legislação determina que os municípios disponibilizem a lista dos beneficiários do Bolsa Família em locais de acesso público, e também pela internet. Não há nenhum vestígio do programa no portal da prefeitura: www.saoluis.ma.gov.br

Ação como essa fortalece o controle social local, e ajuda a corrigir possíveis irregularidades, além de contribuir para o acompanhamento das condicionalidades das famílias beneficiárias. Será que a prefeitura de São Luís topa?

A Secretaria Nacional de Renda de Cidadania (Senarc) ensina que apenas nome e o Número de Identificação Social (NIS) dos beneficiários devem ser divulgados. Castelo ao assumir o governo prometeu transparência em seu governo. Dez meses depois tudo no governo tucano é apenas promessa.

Que tal a transparência no governo tucano começar pela relação dos mais de 20 mil beneficiários do Bolsa Famílias? O cadastro já disponível no site do ministério, ou o governo Castelo optará por contratar antes, uma consultoria amiga, antes de publicar os dados?

# , , ,
Página 10 de 13« Primeira...89101112...Última »
>>>>>>>>

Copyright © Itevaldo Jr - Todos os direitos reservados
| Login »