poder
e política

10|nov|12:00

Pela quarta vez, Justiça decide afastar Domingos Brito do cargo na gestão Castelo

O ex ou ainda secretário Municipal de Urbanismo e Habitação, Domingos Brito ganhou ontem da Justiça estadual a quarta decisão que o afasta do cargo. Em uma semana, os juízes Oriana Gomes, da 8ª Vara Criminal e Carlos Henrique Veloso, 2ª Vara da Fazenda Pública, julgaram procedentes quatro ações do Ministério Público requerendo a saída do auxiliar castelista.

Em sua segunda decisão pelo afastamento de Domingos Brito, o magistrado titular da 2ª Vara da Fazenda Pública afirma que: “está bastante evidenciado que o réu vem se furtando no cumprimento de suas obrigações legais, prova disso é que nesta 2ª Vara da Fazenda Pública tramitam três processos contra o réu Domingos (…)todas decorrentes de atos praticados no exercício do cargo de secretário (…)”.

No processo nº 3671/2012º o ou ex-secretário da Semurh tem a companhia como réu do secretário-adjunto da pasta Walburg Ribeiro Gonçalves Neto, parente do prefeito Castelo. Uma das acusações nesse processo é de crime de falsidade ideológica.

Este fato é inquestionável, tendo em vista que o próprio réu em data recente, outubro de 2012, revogou a licença ambiental para a instalação do empreendimento(…)”, assenta o juiz em sua decisão. O negócio é da empresa Votorantim Cimentos.

Carlos Veloso anota ainda em sua decisão que, “também é fato público e notório que esse mesmo réu está sendo processado criminalmente por fatos semelhantes (sonegação de documentos e informações inverídicas) na 8ª Vara Criminal desta capital(…)”.

Sobre a possível saída de Domingos Brito, da Semurh o magistrado revela que, “se anuncia no seio da sociedade que esse réu não é mais titular da pasta, contudo, não há nada de oficial nos autos, inclusive seu advogado peticionou hoje (ontem, dia 9) e não trouxe esta informação, de modo que não há prejuízo para a decisão ora tomada”.

Desde que a Secretaria de Urbanismo foi criada na Prefeitura de São Luís, o ex ou secretário Domingos Brito é o titular da pasta que mais respondeu a processos na Justiça.

# , , , , , , ,

9|nov|07:26

Justiça decide afastar pela terceira vez Domingos Brito do cargo de secretário

O juiz Carlos Henrique Veloso, 2ª Vara da Fazenda Pública decidiu no final da tarde de ontem afastar o secretário municipal de Urbanismo e Habitação, Domingos Brito do cargo pela terceira vez. O blog de Gilberto Léda anunciou ontem que Brito “não respondia mais pela pasta”.

Nos últimos dias a juíza Oriana Gomes, da 8ª Vara Criminal já havia decidido por dois afastamentos de Domingos Brito. Os dois afastamentos foram requeridos pelo Ministério Público Estadual, em duas ações criminais que Brito responde, juntamente com Walburg Gonçalves e Rodolfo Ribeiro Gonçalves, ambos parentes do prefeito João Castelo (PSDB).

O processo que culminou no terceiro pedido de afastamento de Domingos Brito, pelo juiz Carlos Veloso, trata da obra de prolongamento da Avenida Litorânea. Figura também como réu no processo a empresa de consultoria Consplan.

Antes da publicação da decisão de Carlos Veloso, o jornalista Gilberto Léda postou em seu blog que havia sido “substituído pelo adjunto, Walburg Gonçalves”. Mas, não explica se foi afastamento ou demissão.

Até ontem à noite não havia nem habeas corpus e nem recurso das decisões de afastamento, mas há uma petição dele dirigida para a juíza Oriana Gomes pedindo a desconsideração de uma decisão.

# , , , , , , ,

27|out|06:47

Castelo fez um caminho sem volta na disputa com Edivaldo

A campanha de reeleição de João Castelo percorreu um caminho sem volta. Foi um percurso de não-volta ao comando da prefeitura de São Luís em janeiro de 2013.

Castelo ‘construiu’ uma estratégia eleitoral nesta eleição que pode ser qualificada de várias formas, menos de bem-sucedida. O tucano é muito equivocado do ponto de vista eleitoral.

A estratégia de campanha de Castelo, particularmente neste segundo turno, beirou o fascismo. No debate ontem na TV Mirante várias de suas falas apontam para isso.

Neste segundo turno contra Edivaldo Holanda Júnior, o futuro ex-prefeito Castelo não fez uma campanha apenas conservadora, ele foi muito oportunista e bastante hipócrita. O tucano buscou na reta final da campanha organizar uma pauta conservadora baseada nos costumes.

Em dos seus enunciados de ontem falou: “Edivaldo diz ser temente a Deus, mas é apoiado por um partido de ateus”.

O que Castelo talvez não saiba é que: muitos evangélicos votam de acordo com sua consciência. As pessoas saem da igreja e tomam ônibus. Ficam doentes e vão ao posto de saúde. E rezam também. Elas sabem que a esfera da política está bem longe de ser divina.

Boa parte da provável derrota eleitoral de Castelo – se a votação amanhã confirmar as pesquisas e acredito que confirmem – deve ser creditada única e exclusivamente ao prefeito tucano.

Embora não seja possível ser taxativo em política, com a derrota amanhã para Edivaldo Holanda Júnior, o prefeito Castelo ‘morre’ politicamente. Tentou estratégias que deram errado. E é uma pessoa muito difícil, agressiva, que fomenta a divisão.

DESAVISO: Em duas das pesquisas que ainda estão por vir Castelo encosta em Edivaldo, mas não passa.

Foto: Felipe Klamt

 

# , , , , , ,

26|out|07:03

TSE rejeita pedidos de Castelo e Holanda de Jr para envio de tropas federais

O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por unanimidade, negou o envio de forças federais para o segundo turno da eleição em São Luís.

No caso de São Luís (PA 124790), relatado pelo ministro Arnaldo Versiani, não houve sequer a requisição formal de força federal pelo Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão. A solicitação foi feita por um dos candidatos ao segundo turno e por uma coligação.

“Não há justificativa evidenciada de que necessite de requisição de força federal para a garantia da ordem no segundo turno no município de São Luís”, enfatizou Versiani.

# , , , , ,

26|out|00:05

No “debate de ideias” da TV Difusora, faltaram ideias

As ideias não acompanharam os candidatos Edivaldo Holanda Jr. (PTC) e João Castelo (PSDB) no debate realizado na noite dessa quinta-feira na TV Difusora.

Como tenho dito, o segundo turno em São Luís é marcado por um debate de uma superficialidade profunda.

A frase mais dita no “pergunta-reponde-réplica” foi: quem me agride é você! Na verdade, quem tem sido agredido sistematicamente nesta campanha eleitoral é o eleitor ludovicense.

Sem ideias, restou do debate um Edivaldo Jr. com semblante abatido, e um João Castelo no seu papel favorito, de mitômano inveterado.

Após o debate, apagão em São Luís. Sintomático! Nesta campanha, vivemos um tempo de escuridão.

# , , , , , ,

25|out|21:08

Igor Lago declara “voto crítico” em João Castelo no 2° turno

Após apoiar o candidato Haroldo Sabóia (PSOL) no primeiro turno, o ex-presidente estadual do PDT Igor Lago – filho do ex-governador Jackson Lago – faz em carta declaração de voto à reeleição de João Castelo.

Amiga e amigo,

Companheira e companheiro,

Lutei para que o Partido Democrático Trabalhista fosse reorganizado sob o legado de Jackson Lago, mas a sua Executiva Nacional, tocada por dois homens, impediu que isto acontecesse.

Lutei pela candidatura própria a prefeito de São Luís e, mais uma vez, isto nos foi negado.

No primeiro turno votei no candidato Haroldo Sabóia (PSOL).

Agora, no segundo turno, após refletir e comparar as duas candidaturas, as suas trajetórias e campanhas, opto por recomendar a(o)s amiga(o)s e companheira(o)s o voto no candidato João Castelo (PSDB).

Como cidadão de São Luís, tenho uma posição crítica em relação a atual administração, mas creio, também, que muitos de seus aspectos podem ser melhorados com disposição e vontade política.

Com todo o devido respeito, creio ser pior para São Luís aceitar uma aventura mal acompanhada, superficial e duvidosa, que se esconde sob o manto da mágica palavra “mudança”, além de atrelar a gestão da cidade a projetos político-eleitorais futuros de cunho pessoal e autoritário.

Saudações Trabalhistas!

Igor Lago.

# , , , ,
Página 1 de 1012345...10...Última »
>>>>>>>>

Copyright © Itevaldo Jr - Todos os direitos reservados
| Login »