poder
e política

15|fev|07:12

Auditoria Popular: povo reage à corrupção e impunidade

Núcleos locais dos Fóruns e Redes de Cidadania, entidades comunitárias, pastorais e sindicais parceiras realizam hoje em 30 municípios maranhenses a Auditoria Popular em obras públicas – inacabadas e/ou abandonadas, algumas até inexistentes, recursos oriundos de convênios entre as Prefeituras Municipais e Governo Federal.

Em várias cidades já foram feitas essa atividade, de forma preliminar, para identificar a obra pública objeto da denúncia popular, constatando-se, por um lado, um grande desvio e malversação do dinheiro público, por outro, a falta quase que completa de fiscalização dos órgãos responsáveis.

Objetivos da ação popular: mostrar aos órgãos federais (CGU, TCU, MPF e PF) o tamanho do rombo nos convênios federais, as consequências resultantes e a dor e o sofrimento que provocam na vida da população.

Uma infinidade de obras, envolvendo recursos de todas as áreas, na quase totalidade dos municípios maranhenses, entre as quais: creches, escolas, postos de saúde, rodoviárias, praças, quadras poliesportivas, campos de futebol, sistemas de esgotamento sanitário, estradas, pontes, poços artesianos, kit’s sanitários, moradias populares, eletrificação rural.

Militantes do Fóruns e Redes de Defesa da Cidadania do Maranhão creem que será uma demonstração da capacidade de luta, resistência e organização do povo, da sua sempre bem-vinda indignação, do quanto quer melhorar a sua vida e o quanto quer uma administração pública funcionando corretamente, para todos.

Feitas as auditorias, a etapa seguinte será endereçar aos órgãos citados os requerimentos populares, com respectivas assinaturas, de entidades e população, solicitando a constituição e presença de uma Força Tarefa Federal para cumprir papel institucional dos órgãos de fiscalização, controle e repressão ao crime de investigar, apurar, processar quem de direito.

Principalmente: recuperar o dinheiro roubado e efetivar a construção da obra, algumas fundamentais para a melhoria da qualidade de  vida.

Em todos os municípios estão sendo recolhidas assinaturas, fotos e filmes das obras públicas como prova material, depoimentos para se ter a extensão do dano, com a respectiva indicação dos responsáveis, inclusive o patrimônio pessoal existente.

Ou seja: fazer parte considerável do trabalho das instituições para que essas providências não sejam obstaculizadas pela morosidade de sempre, pois é típico em nosso pais, quando o caso envolve réus figurões (poderosos, ricos ou influentes), as leis nunca os incomodarem.

Alguns dos municípios organizados para as Auditorias Populares hoje: Humberto de Campos, Morros, São Bernardo, Belágua, Urbano Santos, Vargem Grande, Presidente Vargas, Anajatuba, Arari, Cantanhede, São Mateus, Pedreiras, Lago dos Rodrigues, Igarapé do Meio, Santa Luzia, Buriticupu, Bom Jardim, Governador Newton Bello, Zé Doca, Santa Luzia do Paruá, Junco do Maranhão, Amapá do Maranhão, Apicum-Açu, Serrano do Maranhão, Cururupu, Guimarães, Central do Maranhão, Peri-Mirim, Palmeirândia, Benedito Leite, Balsas.

 

# , , , , , , , , , ,
Página 1 de 11
>>>>>>>>

Copyright © Itevaldo Jr - Todos os direitos reservados
| Login »