poder
e política

14|out|07:18

JUIZ DE DOM PEDRO, THALES RIBEIRO “ESPANCA” O DIREITO

O juiz da comarca de Dom Pedro, Thales Ribeiro de Andrade (foto) resolveu misturar público e privado numa ação em que a Prefeitura de Dom Pedro move contra o Sindicato dos Professores (Sinserpdom) por conta de uma greve da categoria.

Punido pelo Tribunal de Justiça (TJ-MA) com uma advertência por ter suas contas de hotel pagas pela Prefeitura de Dom Pedro com dinheiro do Fundeb – comprovada pela Controladoria Geral da União (CGU) - mesclar público e privado aparenta ser tarefa das mais fáceis para Thales Ribeiro. (releia aqui)

O juiz decidiu multar em R$ 5 mil/ dia o Sinserpdom por conta da greve. Quando a multa chegou ao patamar de R$ 70 mil, Thales Ribeiro decidiu mandar executar a multa. Ao invés da execução recair sobre o patrimônio do sindicato, o juiz determinou que fosse sobre a conta bancária da presidente do Sinserpdom, Vera Lúcia Alves Pereira.

Thales Ribeiro motivado sabe-se lá por quais razões, decidiu confundir o sindicato, pessoa jurídica, com a pessoa da sua presidente Vera Lúcia. Estaria o juiz de Dom Pedro tentando intimidar e/ou constranger a presidente do Sinserpdom?

Como não havia a grana na conta de Vera Lúcia, o juiz Thales Ribeiro determinou a busca e apreensão de uma motocicleta modelo Broz, de propriedade de Ivanildo Rosa Sobral, apenas cunhado da presidente do sindicato.

A execução foi diligentemente levada a cabo pelo delegado de polícia Otávio Cavalcante, pela oficial de justiça Maria Dilma Diogo, acompanhados de um policial e um escrivão.

No mesmo despacho de busca e apreensão, o juiz e Dom Pedro designou a data de 24 de novembro de 2010, o leilão da motocicleta para saldar o valor da multa. O sindicato e o governo municipal chegaram a um acordo e a greve acabou.

Thales Ribeiro ficara rabioso com os professores de Dom Pedro depois que a CGU revelou que a grana do Fundeb – que entre outras coisas paga os mesmos professores – quitava as contas do juiz no Fiori Palace Hotel?

Será que a zanga do juiz de Dom Pedro – punido com uma censura pelo TJ-MA por dar aula em São Luís quando deveria trabalhar na comarca sem o conhecimento do tribunal – porque o sindicato propôs a Exceção de Suspeição, após ele afirmar ao Jornal Pequeno que os professores de Dom Pedro ganham R$ 2.200,00; quando na verdade os salários variam entre R$ 713,86 a R$ 1.149,31 (bruto)? (leia aqui)

O que levaria a um juiz punido pelo TJ-MA com uma advertência e uma censura afirmar ao Jornal Pequeno que o Sinserpdom teria uma atuação em quatro municípios, quando na verdade além de Dom Pedro atende aos professores de Santo Antônio Lopes? Porque o juiz afirmaria que a greve dos professores já durava 60 dias, quando o movimento paredista deflagrara há 21 dias?

Estaria Thales Ribeiro rabioso pelo fato de duas servidoras que trabalham no Fórum da comarca serem professoras municipais e pagas com o recurso do Fundeb?

Caso nenhuma das indagações acima tenha respostas plausíveis, o juiz Thales Ribeiro estaria tão somente a fazer troça do Tribunal de Justiça? Afinal, ganhar uma advertência e uma censura, saem mais em conta do que terem as diárias do Fiori Palace pagas com a grana do Fundeb.

Foto: Jornal Pequeno.24.09.2010

# , , , ,

50 respostas para “JUIZ DE DOM PEDRO, THALES RIBEIRO “ESPANCA” O DIREITO”

  1. joene disse:

    è uma falta de vergonha tao grande, que deixa a gente com vontade de dizer tanta coisa, mas tudo ja foi dito. é lamentavel a atuacao de um individuo deste que se diz juiz a serviço da prefeita e nao do povo, realmente ele deve ter um padrinho muito forte para continuar no cargo. rum juiz, é bricadeira.

  2. Lucia Torres - Dom Pedro disse:

    O TJ não tem olhos para o Juiz Thales Ribeiro de Andrade, Pergunte a familia Elesbão de Gonçalves Dias, que só eles sabem quanto pagaram em moeda correste ao “Dr. Juiz”.

  3. Inaldo disse:

    Itevaldo, o juiz Jorge Moreno tinha contas pagas com recursos do FUNDEB? Assediou moralmente funcionarios na justiça? Dava aulas na Capital ou em outra cidade quando devia estar na sede da comarca da qual era titular? Recebeu pena máxima – aposentadoria compulsória. Por que?
    Ê Maranhâo! Vão se os anéis… É também hora de irem os dedos.

  4. Antonio Carlos Martins disse:

    O juiz de Dom Pedro não pode ficar impune. Vamos torcer para que o desembargador Antonio Guerreiro Jr apure com o rigor que mais este caso do Thales Ribeiro exige.

  5. [...] O juiz é acusado, dentre outras coisas, de atender a um pedido da prefeita de Dom Pedro, para determinar ao delegado de polícia Otávio Cavalcante, cumpri um mandado de busca e apreensão – executando a ação ordinária do processo 547/2010, proposta pelo Município contra o Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Dom Pedro, Joselândia, Santo Antonio dos Lopes e Senador Alexandre Costa -  de uma motocicleta de propriedade de Ivanildo Rosa Sobral, cunhado de Vera Alves, que é presidente do sindicato (releia aqui). [...]

  6. Virginia Trindade,Codó,MA disse:

    Vivemos em um país em que a cada momento a decepção com o Poder judiciário só aumenta,onde a maioria dos juízes maranhense viola a lei em segundos.E esse Juíz que se diz de Direito provou através de suas ações que ele em vez de combater a corrupção,ele faz parte dessa corrupção aceitando dinheiro do FUNDEB para pagar suas diárias.O CNJ deveria tomar uma providencia o mais rápido possível,expulsar juízes desse tipo do poder judiciário, pois caso contrário estará também compactuando com o aumento da criminalidade em nosso país.A Justiça precisa ser feita e POVO não aguenta mais esperar.

  7. OLIVEIRA disse:

    Há muitos comentários que, “na falta de argumentos, ofende[m], difama[m] e calunia[m]” pessoas.

    Se as coisas continuarem assim, o Blog pode correr o risco de não ser mais visto como “um espaço de discussão construtiva”.

  8. José Ribamar disse:

    O comentário desse Senhor identificado por “Carlos”, sobre o 8º Juizado Especial, está mais para futricas, de que um pedido de providências propriamente dito, pois, de forma apaixonadamente,faz as defesas de alguns serventuários e crcifica outro.

    Pelo teor do assunto, vê-se que o seu firmatário é pessoa dada a fuxicos, razão pela qual não vale a pena ser levado a sério.

  9. Andre Luiz Torres Gomes de Sá disse:

    Carlos, envie seu comentário para a Comissão de Acompanhamento dos Juizados Especiais da OAB/MA, pelo site da Ordem para que a CAJE possa visitar o Juizado em questão e exigir as devidas providencias.

  10. Anna disse:

    Ouça a voz dos suplicantes Dr. aureliano, senão……

  11. Flor disse:

    Itevaldo, é possivel denunciar um juiz ao CNJ por assédio moral, humilhação contra funcionários, gritos, desmandos?

  12. CARLOS disse:

    FALANDO EM JUIZES, APROVEITO PARA ENVIAR ESTA CARTA PARA DR. MANUEL AURELIANO FERREIRA NETO, JUIZ DE DIREITO DO 8 JUIZADO DESTA CAPITAL.

    Que Deus tenha compaixão de nós, pois estamos perdidos. Esse caso deve continuar da mesma forma que continua a situação do 8 Juizado desta capital. Pois mesmo apesar de tantas denuncias contra o secretário AMERICO, nada foi feito em prol da classe que precisa ingressar com uma ação lá. Sem contar que ele continua dando uma de machão da casa. Com a carinha de anjo puxando o saco do Juiz, e por trás acabando com a imagem e reputação do magistrado que não enxerga um palmo além do nariz sobre seu secretário. Continua tratando advogados e funcionários como um nada, e o CNJ e a OAB até agora não fizeram nada. A nossa salvação naquele juizado é a atenção dada pela funcionária de nome Letícia, a conciliadora Danielle e graças a Deus a presença da Drª. Jussara da assessoria, se não estavamos todos lá no fundo do poço de uma vez. Pena que até essas pessoas daqui a pouco estão saindo. Pois vir entre dezenas de denúnicias sobre esse secretário de nada no seu blog Itevaldo, que a funcionária leticia já pediu a remoção, a conciliadora Danielle tenho certeza que não aguentará por muito tempo, pois já olhei com meus proprios olhos em uma audiencia, o secretário sendo totalmente grosseiro com a mesma. Sim, sem falar na assessora Jussara “que não é assessora no papel”, mais trabalha e se dedica feito louca para ajudar o Juiz de todas as formas. Pois de tudo para Dr. Manoel Aureliano ser visto com bons olhos. Confesso que até levei um susto a primeira vez que encontrei essa moça naquele Juizado. Pois ela foi de uma atenção e educação, que até parecia que eu não estava naquele juizado podre com a presença daquele secretário. Ocorre que os advogados já estão comentando que ela não ficará por muito mais tempo. Pois segundo comentários ela só ainda está lá por causa do Magistrado Dr. Manoel Aureliano que tanto ela endeuza, pois realmente não sei o que seria dele sem ela. Pena que acredito que ele ainda não percebeu isso. Ontem estive lá novamente para uma audiência e fiquei chocado. O juiz cheio de audiências e o secretário não apareceu em momento algum para ajudá-lo a administrar a situação, etc… Essa jovem não parou momento algum. Vivia perguntando se haviam requeridas que já tinham passado pela conciliação com proposta de acordo para que pudesse agilizar, dava atenção as partes. Fazia acordos que eu confesso que achava até impossivel. Mesmo quando as partes diziam que não tinha proposta, ela chamava para dialogar e assim, só sei que ela conseguiu diminuir a pauta do Juiz e ainda a da conciliação. Quanto ao assessor do Juiz contratado nimguém se quer viu. Pois não apareceu em momento algum para ajudá-lo. Pois bem, DEIXO UMA ALERTA AQUI NÃO SÓ MINHA COMO TODOS OS MEUS COLEGAS ADVOGADOS PARA DR. AURELIANO: Se essas três sairem dali, O SENHOR DR. AURELIANO, estará perdido, melhor dizendo, estará sem as pessoas que mais lhe ajudam, tanto quanto ao trabalho desenvolvido ali dentro, quanto em relação ao sua própria imagem. Pois, principalmente a Dra. Jussara lhe defendi com unhas e dentes. Pois sempre sai por aquele juizado achando uma solução para tudo e fazendo questão de contornar a situação quando alguém fala algo a seu respeito. Portanto, preste mais atenção e valorize realmente as pessoas que além de lhe ajudarem a manter de verdade a ordem daquele juizado, ainda lhe teem muita admiração…Pois ser secretário de um juizado só de nome e sair usando disso para tratar as pessoas de forma discriminatória e ainda manchar a sua imagem realmente é inacreditável. PRESTE ATENÇÃO E NUNCA ESQUEÇA DESTAS PALAVRAS. FALO ISSO PELA CONSIDERAÇÃO QUE TENHO AO SENHOR E SUA FAMILIA, INCLUSIVE POR TER SIDO UM AMIGO DE FACULDADE DE SEU FILHO QUE HOJE TB SEGUE SEUS PASSOS. DEIXO CLARO QUE NÃO FALO PARA FAZER INTRIGAS, POIS JAMAIS FARIA ISSO. QUERO SÓ TENTAR ABRIR SEUS OLHOS. SEI QUE MUITOS TEM TENTADO E O SENHOR NÃO TEM DADO A DEVIDA ATENÇÃO. CUIDADO DR. AURELIANO, O SENHOR TEM UM NOME E UMA IMAGEM EXEMPLAR DE MUITOS ANOS, PARA DEIXAR UM SECRETÁRIO NOMEADO PELA SUA PESSOA, DESTRUI-LA APÓS ANOS DE ATUAÇÃO. POR FAVOR, PENSE…OBRIGADA.

  13. José Fernandes disse:

    O caso desse rapaz é igual ao de Liconl Sauaia, N ???? C?????, Nunes Freire, etc. Todos sabem o que ele faz, sua “fama” vem de longe, mas o Tribunal emite o mais sonoro e profundo silêncio em tomar uma providência eficaz. Por onde ele andou, envolveu-se em rolos enormes.

  14. Carlos Cesar disse:

    O TAL juiz cometeu arbitrariedades em Arari, em Matinha, em Mirador, agora em Dom Pedro ele não condições piscológicas e morais para exercer o cargo de magistrado.

  15. chico beleza disse:

    Fora juiz Thalis! Você não é juiz de direito, é juiz que viola o direito. Pessoas como este juiz não pode exercer a função jurisdicional num pais que fez a opção por ser um estado democratico de direito. Já não aceitaremos atitudes como esta feita por pessoas como este juiz, vamos unir forças e expulsar esse parasita do serviço público!

  16. kassia karileny disse:

    É uma vergonha,simplismente inadimisivel,q em uma sociedade onde se diz imperar a democracia ainda existão verdadeiros tiranos,ditadores como o juiz Thales. o cara é de fato um facínola.viver com suas atricidades traz a Dom Pedro e a todo o Maranhão um sentimento de repulsa.E se tem algo q derepente possa se orgulha o juiz,é q de fato ele consegui se tornar referêcia de incopetência,arrogacia e desprezo……ñ podemos mais admiti tantas barbaridades,esse homem tem usado de arbitrariedade para humilhar o povo e defender interesses propios.

  17. Márcia Natalina disse:

    È um absurdo em pleno século XXI, trabalhadores não poderem exerce cidadania, lutar por direito, porque se tem juízes com postura arrogante, que prejudica e persegue o nosso povo. Esse juiz de Dom Pedro tinha que ser expulso da magistratura.

    Márcia Natalina
    Rede de defesa/ núcleo Vargem Grande.

  18. IANALDO PIMENTEL disse:

    COMPANHEIRO ITEVALDO, QUE PAÍS É ESSE!! ESSE JUIZ NÃO PODE SER JUIZ DE DIREITO, CORRUPTO,DEFENDE SÓ OS QUE ESPLORAM O NOSSO POVO, A DECISÃO QUE ELE TOMOU SOBRE O SINDICATO DO SERVIDORES PÚBLICO DE DOM PEDRO ARBITRARIAMENTE, NÓS NÃO PODEMOS ACEITAR, PRECISAMOS MOBILIZAR A SOCIEDADE CIVIL, E TIRAR ESTE JUIZ DO SERVIÇO PÚBLICO, NÃO SERVE PARA NOSSA SOCIEDADE.
    O TJ-MA APLICA UMA PENA DE ADIVERTÊNCIA ISTO É UMA VERGONHA, PEROBA NELES!!!
    REDE DE DEFESA NÚCLE DE CANTANHEDE
    IANALDO PIMENTEL

  19. Suzza disse:

    Que vergonha para o Judiciário do Maranhão !!!!
    Há algum processo contra esse moço? Ridículo, como pode um homem desses ser um juiz????
    Tem cara de Pilantrão, e nada se sabe sobre a tomada de posição do Corregdor…
    Itevaldo, peça informações à Corregedoria…
    Ab.

  20. Armando Kapileh disse:

    Pelo ressoar da cuíca, para quem conhece as bandalhas lá das terras de Dom Pedrito, o Thales é unanimidade, o cara é hors-concours. O cara é um tremendo ‘malaca’. Em termos de falcatruas, é comparado somente àquele lá de Barrerinhas, aquele que era carne e unha com o Miltinho do PT, ele mesmo, o [ex-] Juiz Fernando Barbosa de Oliveira Júnior, que foi ‘aposentado’ compulsoriamente.

  21. iriomar teixeira disse:

    esse é o judicario que temos.todavia, não é o que queremos. a cidadania maranhense demonstrará isso ocupando ruas e preças para denunciar estas ilegalidades e imoralidades feitas pelo judiciario deste estado. É preciso ecoar estes gritos de indignação do nosso povo. vamos às ruas !!!

  22. Fábio disse:

    Pilantra… Essa é a palavra que pode denominar esse sujeito, que, em função da toga que usa, comete as mais absurdas sacanagens…
    Ele sabe do que tô falando, não é doutorzinho???? Só pra refrescar a memória dele: Eleições municipais de 2008, sentença, prefeito, $$$$! E aí? Refrescou? Toma rumo cara… Pede pra sair antes que haja sua demissão, que já tá bem aí, pertinho, pertinho…

  23. Ivan Ferreira Sousa disse:

    É para evitar atitudes como as deste juiz que precisamos que precisamos nos mobilizar, ou seja, o povo precisa cobrar que eles cumpram com o seu papel que é defender os direitos dos cidadãos que estão previstos na Constituição Federal. Não podemos aceitar que haja esssa perseguição de juizes contra representantes de entidades, como neste exemplo de DOM PEDRO.
    A impunidade esta impregnada na cabeça e nas ações do Juiz Thales Ribeiro de Andrade.

  24. Robinho disse:

    As denúncias devem ser feitas no CNJ (Conselho Nacional de Justiça), onde em seu site existe uma espécie de ouvidoria. Não no TJMA, onde se passa a mão na cabeça. Lá no CNJ a coisa é diferente.

  25. Iran Avelar disse:

    mais um tapa na cara da sociedade.

  26. André Aragão disse:

    Esse mesmo elemento – me recuso a chamá-lo de juiz – bloqueou o dinheiro da prefeitura de Gonçalves Dias, numa liminar em ação de cobrança e mandou depositar o dinheiro na conta do advogado da parte. E nada acontece com esse cara. Ou melhor, sofreu uma duríssima condenação do TJMA: Uma advertência. Disseram p/ o sujeito: “Olha, rapaz, não faça mais isso. Receber grana do FUNDEB é feio pra nós. Quando for receber, que seja uma coisa vultosa”.

  27. ADONIRAN disse:

    Bandido! É o q esse “juiz” é!!

  28. Rede de Defesa dos Direit da Cidadania do Médio Mearim disse:

    O que será que as instâncias superiores do referido juiz ainda esperam que ele faça para poder tomarem decisãos cabíveis? não dá prá entender porque um “servidor da justiça” chega a esse ponto e seus superiores parecem fazer vista grossa…

  29. Márcia disse:

    Absurda mesma é a forma arcaica e ultrapassada de se aferir a produtividade dos juízes. É pelo número de sentenças que os mesmos proferem. Como se a sentença pusesse um ponto final no processo. Tenho um processo contra o Estado que foi sentenciado há mais de dois anos, passou mais de um ano no TJ por conta do ascenso obrigatóro e depois que voltou, já foi e voltou da contadoria diversas vezes e até hoje nada de pagamento. Eu pergunto? Que produtividade é essa se a prestação jurisdicional ainda não foi satisfeita? Isso é absurdo, tem que mudar, o processo só tem um fim depois que é baixado na distribuição. Algo precisa ser feito com urgência.

  30. Saulo disse:

    E assim caminha nosso Judiciário … cadê o Corregedor … chega de comer…. vai trabalhar …..

  31. Bruno Silva disse:

    Este juiz é perseguidor, preguiçoso, rancoroso, e só vive fazendo falcatrua, pelas cidades que passou sempre fez falcatruas, é um verdadeeiro vigarista, naõ merece o nome juz de “direito” nem a toga que veste, todos no tribunal sabem que ele é corrupto.

  32. Nordestino disse:

    Qual será a atitude o Tribunal de Justiça do Estado para esta palhaçada deste RÁBULA de Dão Pedro.
    Nos contribuinte não podemos ficar calado, exigimos uma investigação urgente e que comprovada as denuncias o
    RÁBULA devera ser punido com a exoneração do cargo.
    Estamos de olho e vamos aguardar providencias do Tribunal.

  33. Ricardo disse:

    Como o tribunal de justiça do maranhão só resolve seus pepinos por conveniência, está mais que na hora de fazer uma REPRESENTAÇÃO junto ao CNJ. Ou esse “juiz” pensa que é Deus? A maioria dos juizes já tem certeza que é.

  34. Rafael da Silva disse:

    A sociedade civil deve se organizar para reivindicar uma pena mais dura sobre esse magistrado!

  35. Dulce disse:

    COncordo plenamente com Luis, isso é uma palhaçada, um Juiz desse devia é ter vergonha na cara, como pode mandar EXECUTAR da presidente do sindicato???????? eu acho que ele perdeu essa aula da diferença entre o público e o privado! e ainda me pergunto como é q uma COISA dessa ainda continua na magistratura, É UMA VERGONHA!!! Esse TJ só funciona pra uns e quando é coveniente, pq num caso desse faz vista grossa, por essas e outras é que o judicário está se perdendo!!

  36. Antonio Carlos disse:

    Concordo com o Luis Felipe. O que será que mantém na magistratura um juiz como esse senhor? Ele tem peripécias em todas as comarcas por onde passou: Matinha, Arari, Dom Pedro… Já respondeu a vários procedimentos, um deles até por descontar cheque do Juízo em sua conta pessoal, e nada acontece… Já acusou advogado de assassino, prendeu mulher e bebê em delegacia por causa de uma motocicleta conduzida por menor de idade etc. Acho que está na hora da punição ser a aposentadoria compulsória, já que não se pode demitir a bem do serviço público. Bem que ele vai gostar, pois vai continuar ganhando sem trabalhar. O CNJ já deveria ter analisado essa situação.

  37. carlos disse:

    cadê a corregedoria do TJ?ahhh esqueci que no maranhão não há TJ, mas existe o CNJ, recorram a ele.

  38. Jonathan Alves disse:

    O Tribunal de Justiça tem lado e nós sabemos de qual lado ele estar resta pergunta qual a medida que vamos tomar contra este Juiz que tem coragem de se apropiar de dinheiro do fundeb(dinheiro de merenda Escolar ETC.)

  39. É Dr. Thales Ribeiro, parece que nao está mais valendo a pena fazer um curso de direito e depois prestar concurso público para exercer a função de Juiz de Direito, você aceitou esmolas para apoiar pessoas que tem carater duvidoso, então os honorários pagos a vocês não estão compativeis com a responsabilidade que lhe é cabivel é isso?… no seu caso vc não pode ter acoplado a seu nome a expressão “juiz de direito” mais pode sim ser chamado de “juiz errado” não é mesmo Dr.? Ter os salários que sua classe têm e mais inumeras regalias, seria mesmo preciso fazer o que vc fez e vem fazendo? hoje se eu fizesse parte da classe a qual pertence teria vergonha de ter vc como meu colega de profissão.

  40. Luciano disse:

    Essa é mais uma cabeluda, sô!. Dentro dos Tribunais acontece tanta que até o Diabo duvida.

  41. gilberto disse:

    carta do descobrimento, a terra é boa e plantando tudo dá. o nosso juduciario é um caso de saude publica, eu explico, o judiciario brasileiro sabe que está doente, tem medicamento bara combater a enfermidade, mas como todo brasileiro esquece de tomar o medicamento. o juiz que recebe um dos emlhores salarios pagos a funcionário publico, se deixa levar por migalhas da prefeitura fato confirmado, tem condições de ainda julgar ações com imparcialidade nessa cidade? é claro que não,e o pior o TJ funciona como pai que acoberta as traquinagens do filho, por essa atitude ele não vai ao shopping. o mais grave é que o mesmo juiz agora persegue uma funcionaria que não recebe 10% do salario dele. um conselho, acredite no judiciario e na nossa justiça e eu acredito em duende, xuxa papai noel e no TJ.

  42. Anderson Sobral disse:

    Prezado autor e demais blogueiros,

    alguém já leu o art. 50 do Código Civil? Caso negativo:

    “Art. 50. Em caso de abuso da personalidade jurídica, caracterizado pelo desvio de finalidade, ou pela confusão patrimonial, pode o juiz decidir, a requerimento da parte, ou do Ministério Público quando lhe couber intervir no processo, que os efeitos de certas e determinadas relações de obrigações sejam estendidos aos bens particulares dos administradores ou sócios da pessoa jurídica”.

    Portanto, o juiz tem a possibilidade de desconsiderar a personalidade jurídica em certos casos para atingir os bens dos diretores e administradores de pessoas jurídicas. Portanto, assim atuando, o juiz não estaria nunca confundindo pessoas diversas, mas tão-somente aplicando a Lei.

  43. Douglas Britto disse:

    Esse é o velho Maranhão pré-republicano…

    Imagina se não fosse juiz…

    “O MA não pode parar” !!!!!

  44. Prezado Itevaldo, a condenação do Juiz Thales Ribeiro por dar aula segunda e sexta em São Luís quando na verdade haveria de estar trabalhando na comarca é fruto da coragem do ex-presidente da OAB/MA, Dr. Caldas Góis. Este denunciou ao TJMA a existência de magistrados que só trabalhavam terça, quarta e quinta, vulgo, TQQ ou tequequeísmo. Na época, um grupo de magistrado se rebelou contra o ex-presidente. Para provar a veracidade das declarações do Dr. Caldas Góis, a OAB/MA, naquela ocasião, encaminhou ao TJMA a situação do Juiz Thales Ribeiro. Hoje o magistrado está condenado pela prática do tequequeísmo. Todavia, entendo que a condenação foi muito branda, pois, no caso, não basta a censura. Ainda é preciso que o magistrado devolva o dinheiro que recebeu do Estado pelos dias não trabalhados na comarca. Entendo que só assim a condenação seria verdadeiramente justa. Cadê o MP? Abraço.

  45. Carro Velho disse:

    Lambão… Mas deve ter um bom padrinho, ou madrinha no TJ, a exemplo de vários (as) outros (as) magistrados (as) que não produzem e, quando fazem alguma coisa, cometem absurdos e/ou abusos. Agora é pedir aos céus, rezar pra não ter processo dependendo do julgamento desses ‘malas’.

  46. Galdêncio disse:

    Alguém tem que comprar algumas caixas de óleo de peroba, para doá-las ao Tribunal de Justiça do Estado. Não vou fazê-lo porque não tenho dinheiro, sou servidor do MPMA.

  47. Fábio disse:

    Esse rapaz é um câncer do Judiciário Maranhense… Envergonha toda a classe jurídica com suas ações arbitrárias que muitas vezes não são punidas pelo TJ … A sociedade não aceita mais atitudes como esta, pois utiliza de um cargo público para perseguir cidadãos…

  48. Antonio Lima disse:

    Resta saber como esse individuo ingressou na magistratura, pois não se admite, em sã consciência que um magistrado, que por dever de ofício tem a obrigação de conhecer as leis cometer uma arbitrariedade dessas.
    O Tribunal deve uma explicação à sociedade, e mais ainda deve tomar providências para que coisas absurdas como estas não volte a acontecer, pois além dessa atitude prejudicar os litigantes atenta contra a já combalida imagem da justiça, especialmente o TJ/MA por ter em seus quadros pessoas como esta que não estar nem aí para a ética e muito menos para defesa do cumprimento das leis e por conseguinte da sociedade.
    É lamentável, é estarrecedor, é vergonhoso tudo isso e, o que mais nos indigna é a indiferença de quem tem o dever de coibir esses absurdos e não toma as providências para sanar essa imoralidade.

  49. Francisco Teixeira disse:

    É óbvio que se trata de uma retaliação contra a combatente sindicalista. Provavelmente, a mando do prefeito de Dom Pedro. Mas, o que esperar de um juiz desse naipe?

  50. Luis Felipe disse:

    Não consigo entender como o Tribunal de Justiça é tão duro com un sjuizes, como foi com Fernando Barbosa, Sérgio Bolachinha, etc, e com esse rapaz é condescendente. Esse aí há muito já era para estar fora da magistratrura por causa das coisas cabeludas que se envolve.

Deixe uma resposta

>>>>>>>>

Copyright © Itevaldo Jr - Todos os direitos reservados
| Login »